Com o processo de Transformação Digital a todo vapor nas empresas, nunca falou-se tanto em inovação. Para se manterem competitivas e na vanguarda dos mercados, muitas delas investem numa consultoria de inovação para tornar isso possível.

Não importa se a sua empresa é líder de mercado, tenta se recuperar de uma crise ou começou a dar os primeiros passos para inovar, a consultoria de inovação cabe em todos estes momentos.

Mas quando é a hora certa de fazer este investimento? E como encontrar uma consultoria com experiência no mercado? Será que dá para ter certeza de que esta iniciativa vai gerar resultados satisfatórios? 

Se estas são as suas dúvidas, esse artigo é para si! Vamos te dar dicas práticas sobre como escolher a consultoria certa para ajudar-te a alcançar os seus objetivos. Continue a ler.

O que uma consultoria de inovação faz? 

A consultoria de inovação é um tipo de consultoria empresarial que tem foco na estruturação de processos de cocriação de soluções de valor para abordar desafios de negócios.

Estes processos geralmente estão apoiados em metodologias de solução de problemas, abordagens de revisão de processos e métodos de investigação de hábitos e comportamentos de consumo, como Design Thinking e Jobs to be Done.

Nestes métodos, o trabalho consiste em promover uma visão holística por meio de uma pesquisa exploratória e imersiva para entender o negócio, variáveis relevantes e os contextos de mercado nos quais a empresa está inserida.

Posteriormente, as ideias são consolidadas para, por fim, validar hipóteses e dar início às provas de conceito ou MVPs.

4 serviços prestados por uma consultoria de inovação 

Criar e estabelecer uma cultura de inovação e aproveitar os benefícios da abordagem podem ser tarefas difíceis para empresas que estão a iniciar esta empreitada. Neste caso, o melhor é buscar ajuda de especialistas.

Aqui na MJV, nós auxiliamos os nossos clientes a implementar inovações estratégicas ou disruptivas. 

Deve estar a questionar-se: mas como impulsionar a inovação? 

Confira a nossa lista para saber os caminhos que pode começar a trilhar hoje mesmo.

1. Formação

Adquirir novas habilidades, mentalidades e comportamentos começa com a consciência da necessidade de mudança. 

Aqui é o momento de formar os seus colaboradores para melhor adaptá-los às inúmeras mudanças que os contextos de transformação necessitam. Acreditamos que somente desta forma é possível implementar uma cultura de inovação que seja sustentável.

Formatos de capacitação aplicados:

2. Consultoria em Gestão de Processos

Na gestão de processos será o momento de revisar processos e, se necessário, pensar em um redesign, a fim de otimizar tarefas, gerar maior visibilidade dos fluxos, rever papéis e responsabilidades. 

É o momento do RPA brilhar, automatizando tarefas simples e liberando os colaboradores para focar em atividades mais estratégicas. 

3. Consultoria em Estratégia Empresarial

Cá, temos diversas soluções disponíveis para ajudar os nossos clientes. Como falamos, a primeira etapa é a imersão para entendermos em que momento a empresa está e onde vai precisar de ajuda. 

De acordo com a visão e os objetivos do negócio, traçamos a estratégia e escolhemos as nossas ferramentas, entre elas estão:

4. Consultoria de Experiência do Utilizador

Ser user-driven é mais importante do que nunca! É isso é um consenso geral do mercado: o utilizador precisa estar no centro de todas as estratégias. 

E com consumidores cada vez mais exigentes e mais conscientes de suas tomadas de decisão, é preciso valer-se de ferramentas que ajudem a conhecê-lo profundamente antes de tomar decisões com base em hipóteses. 

Estas ferramentas são:

O workflow da MJV desenvolve a cultura de inovação para garantir uma transformação organizacional contínua, eficiente e eficaz. 

A metodologia que usamos nos nossos clientes envolve tais características:

Motivos para investir numa consultoria de inovação 

Entramos numa era de mudanças e que é preciso adaptar-se a cada dia para não ficar ultrapassado no mercado. 

Uma consultoria vai trazer exatamente esta oportunidade da sua empresa entrar num novo ciclo de excelência. 

Confira uma breve lista de benefícios que uma consultoria pode trazer para a sua empresa.

É importante ressaltar que uma consultoria de inovação vai ajudar-te a ir muito além de inovar em produtos, processos e serviços. 

Vai adaptar a sua estratégia e o mindset da sua empresa para garantir competitividade e sobrevivência.

Assim, uma consultoria de inovação vai garantir para a sua empresa:

Quando contratar?

Todo gestor que um dia percebeu a necessidade de construir métodos de geração de valor na sua equipa e/ou empresa, já se deparou com a seguinte questão: qual é a hora certa de contratar ajuda?

Como bem deve saber, não há uma resposta exata. Mas há alguns questionamentos que podem ajudar a perceber melhor a inclinação da alta gestão a apoiar investimentos em projetos de inovação. Confira.

  1. A empresa/setor é capaz de assumir riscos para melhorar processos?
  2. Quão à vontade os colaboradores sentem-se para propor soluções diferentes das usuais para tarefas comuns?
  3. E para problemas recorrentes? Eles têm apoio da gestão para abordar estes problemas de novas formas?
  4. Há alguma iniciativa de partilha de novas ideias de melhorias em processos? Há um fórum específico para a discussão destas ideias?
  5. Qual a percentagem destas ideias foi transformada em solução prática?
  6. A empresa possui (ou há projetos para) soluções fora do core business?

Se consegue responder positivamente à maioria destas questões, saiba que provavelmente a hora de contar com ajuda especializada para transformar as suas ideias em soluções está próxima.

4 passos para escolher a sua consultoria  

Agora que já consegue visualizar as vantagens de contar com uma consultoria para ajudar a sua equipa, processos e na busca por soluções, confira os principais aspetos que devem ser levados em conta ao escolher este trabalho.

1. Entenda quais são os diferentes tipos de inovação

Conhecer os diferentes tipos de inovação e os seus resultados é primordial para entender qual o tipo de abordagem vai se encaixar melhor na estrutura organizacional da empresa.

Atente-se também como esta hierarquia será impactada a depender da escolha de cada uma.

2. Verifique os clientes e os casos de sucesso

Os resultados dos clientes ou empresas podem dar uma boa primeira impressão sobre o tipo de desafio que esta consultoria é capaz de resolver. 

Ah, o serviço das consultorias é estratégico e tem relação íntima com a construção de um diferencial competitivo. Portanto, os dados sobre projetos nem sempre estarão disponíveis ao público.

É importante conversar com os consultores de inovação para entender melhor a dinâmica do serviço e medir os bons resultados em setores parecidos ao seu.

3. Defina objetivos e entenda a execução do projeto

Já falamos que há algumas maneiras de promover a inovação numa empresa, como workshops e hackathons. Mas cada uma delas vai se encaixar melhor a depender da maturidade da empresa em inovação.

Workshops, por exemplo, são eventos para que se ponha a mão-na-massa, e se adquira vivência no uso de ferramentas de design que auxiliam na construção de soluções de valor para os negócios.

Já os hackathons são eventos em que especialistas reúnem-se para solucionar um determinado problema. Percebe a diferença entre os objetivos?

Por isso, é preciso definir quais são os objetivos a serem atingidos na implementação de um projeto de inovação.

Assim como os requisitos e até mesmo quais atividades de capacitação devem ser feitas para que a sua equipa consiga acompanhar o trabalho dos facilitadores.

4. Atenção à cultura

Se a consultoria que está a procurar promete uma revolução no mindset de seus colaboradores da noite para o dia, ative o alerta amarelo. 

Se na comunicação em momento nenhum tocarem na palavra “cultura”, risque de vez esta opção da sua lista.

O trabalho de uma consultoria de inovação pode sim oferecer resultados imediatos em projetos de inovação e até mesmo escalar rapidamente a forma de trabalhar para construir soluções diferenciadas.

Contudo, a duração destes efeitos em longo prazo só poderão ser mensurados à medida que a cultura de inovação estiver consolidada na sua empresa.

Acontece que a construção de um processo de inovação levará algum tempo (a depender da rigidez da empresa). 

Transformações como esta necessitam uma mudança de hábitos, consistência e confiança no método escolhido.

Casos de sucesso: conheça os resultados reais 

Agora que já explicamos como podemos ajudar a desenvolver a cultura de inovação em sua empresa, trouxemos alguns de nossos casos de sucesso

Estes projetos tiveram a mão da equipa MJV e trouxeram resultados significativos aos nossos clientes. Confira!

1. Fly or Die: ciclo de validação Lean de um novo produto para o setor de telecom

Durante o desenvolvimento de um novo produto, uma grande empresa do setor de telecomunicações estava em busca de validar o público-alvo e a experiência do novo produto para ter mais assertividade na oferta e na experiência de seus prospects.

Nossos desafios foram: 

Workflow MJV:

  1. Construir: construção das ferramentas para os testes.
  2. Testar: ciclos de testes e ajustes.
  3. Aprender: análise dos resultados.
  4. Finalizar: consolidação dos resultados e direcionamento estratégico.

Desta forma, conseguimos identificar o público-alvo inicial, trazer insights sobre as características do produto, construir a jornada ideal, minimizar os possíveis riscos e aproximar-se dos clientes iniciais.

2. Laboratório de Inovação

Uma grande empresa de retalho precisava de agilidade para testar diversas ideias e desafios em suas lojas. O objetivo era explorar formas de aumentar o consumo médio e a experiência geral dos clientes. 

Nosso desafio foi:

Workflow MJV:

  1. Ciclos curtos de imersão-prototipagem: possibilitaram que a nossa equipa atendesse vários desafios de uma vez;
  2. Testes rápidos: ideias prototipadas foram testadas nas lojas, permitindo mudanças e recolhendo insights dos clientes reais;
  3. Internet das Coisas: ideias desenvolvidas em nosso Laboratório de Inovação utilizando IoT foram implementadas nas lojas e validadas em 30 dias.
  4. Observação de Clientes: ideias originadas do mapeamento de comportamentos incluíam melhorias nas lojas.

3. Fly or Die: ciclo de validação Lean de um novo produto para o setor de seguros

Durante o desenvolvimento de um novo produto, uma grande empresa do setor de seguros estava em busca de validar o seu público-alvo e as características do novo produto para ter mais assertividade na oferta e minimizar riscos. 

Nossos desafios foram: 

Workflow MJV:

  1. Diagnóstico do público-alvo: definição de hipóteses, investigação desk, entrevistas em profundidade, criação de inquéritos online, landing pages com campanhas em Ads e análise do conteúdo gerado.
  2. Aceitação do produto pelo público-alvo: definição do produto, benchmarking, produção de ecrãs, testes de usabilidade com o público-alvo definido da etapa anterior e análise do conteúdo gerado.

Assim, além de identificar os potenciais early adopters e trazermos insights sobre as características dos produtos, fizemos recomendações para a solução digital, reduzimos os riscos e geramos uma aproximação com o cliente.

4. Criação de Pipeline com iniciativas estratégicas e inovadoras para uma multinacional de FMCG com foco no cliente

A empresa identificou a necessidade de explorar o mercado em algumas cidades brasileiras. A MJV foi para estas cidades para olhar pela lente dos clientes in loco. Com isso, fez um mapeamento profundo das particularidades e hábitos dos consumidores.

Nosso desafio foi: 

Com a missão de auxiliar o cliente a identificar novas possibilidades de negócio, utilizamos o Design Thinking e o Design Sprint para desenvolvermos um mapa de oportunidades e possíveis caminhos de inovação.

O resultado foi um pipeline com 21 iniciativas em um time-to-market de apenas 12 semanas.

Em resumo, a consultoria de inovação ajuda a criar os alicerces necessários para que se mantenha competitivo num mundo disruptivo. Podemos ajudá-lo com isso! Entre em contacto connosco e vamos conversar sobre os seus desafios.

Agora se quer conhecer os indicadores adequados para medir a inovação no seu negócio, aceda ao e-book Métricas deInovação: a bússola para inovar na sua empresa. É só clicar no banner a seguir e garantir o seu.